O presidente Michel Temer sancionou na quarta-feira, dia 4, no Palácio do Planalto, o projeto que flexibiliza o horário de veiculação do programa A Voz do Brasil. A cerimônia contou com centenas de radiodifusores de todo o Brasil, além do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, entre outros . A lei entra em vigor a partir da publicação no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nesta quinta-feira, dia 05.


O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, falou do momento na radiodifusão no Brasil. “Este é um momento histórico que a radiodifusão comemora como uma grande conquista. A flexibilização traz benefícios para todos: a rádio poderá adequar a sua transmissão de acordo com a programação e o cidadão brasileiro poderá ouvir a Voz do Brasil em diferentes horários”, afirma Camargo.


O presidente Michel Temer ressaltou que a flexibilização da transmissão da Voz do Brasil é motivo de comemoração. 


“O setor de radiodifusão tem motivos para comemorar. A lei que acabamos de sancionar atende a antigo pleito das emissoras, além de criar opções para os ouvintes. As rádios também passam a ter maior liberdade para definir sua programação. Todos saem ganhando”, frisou.

 

Ele também falou sobre a modernização no setor. 


“Estamos trazendo o Brasil para o século 21. Nós tivemos coragem de, em menos de dois anos, enfrentar temas que eram reclamados há muito tempo. Hoje, nós modernizamos o sistema de informação e damos liberdade para que as rádios possam prosperar”, concluiu.

 


RCR/TudoRádio